Segurança da Máquina: O que é uma Avaliação de Risco e Por Que Ela é Importante?

avaliação de risco para segurança da máquina

Imagem: Uma avaliação de risco ajuda a determinar as estratégias necessárias para minimizar os riscos.

Resumo: Uma avaliação de risco é usada na segurança da máquina para identificar, documentar, eliminar ou reduzir os riscos em uma determinada máquina ou processo. Embora seja sempre melhor consultar as normas ao planejar uma avaliação de risco, aqui vão algumas respostas para algumas perguntas comuns.  

Lembre-se de que este artigo destina-se apenas a fins educacionais e é válido até o momento da publicação.  A Banner recomenda consultar um profissional de segurança a respeito de sua aplicação específica antes de implementar medidas de segurança. 

P: O que é uma avaliação de risco?

Em última análise, uma avaliação de risco é um processo que ajuda a identificar:

  1. Possíveis riscos
  2. Possível severidade dos riscos
  3. Frequência de exposição aos riscos
  4. Estratégias a implementar para minimizar riscos e evitar danos

Este processo não é uma solução rápida para todos os problemas de segurança, nem é uma garantia de um local de trabalho 100% livre de ferimentos. Ele é mais um diagnóstico de risco e uma prescrição de segurança usada para documentar o risco em um local de trabalho, ajudar a determinar um nível aceitável de risco e determinar um curso de ação para mitigar os riscos.

P: Que medidas devem ser tomadas em uma avaliação de risco?

As etapas fundamentais no processo de avaliação de risco incluem:

  1. Identificar as tarefas e os riscos associados no local de trabalho,
  2. Avaliar a probabilidade e a severidade do dano,
  3. Reduzir o risco de danos através da eliminação do risco ou através do uso de métodos de proteção, e
  4. Documentar o processo e os resultados.

Através do processo de avaliação de risco e da documentação gerada por ele, um fabricante de máquinas e um empregador podem comprovar a devida diligência no fornecimento de um local de trabalho seguro e um produto de qualidade.

P: Que normas devem ser seguidas?

Existem muitas normas! Entre elas:

  • ANSI/RIA R15.06 -1999, Requisitos de Segurança para Robôs Industriais e Sistemas Robóticos
  • ANSI B11 TR3, Avaliação de Risco e Redução de Risco
  • ISO 14121 (EN 1050), Princípios da Avaliação de Risco
  • OSHA 3071, Análise de Risco no Trabalho
  • IEC 812 FMEA

Consulte também EN 1050 e ISO 13849-1, que descrevem o processo de avaliação de risco e categorias específicas de equipamentos de segurança.

As normas ajudam a definir uma estratégia ou abordagem coesa para o processo de avaliação de riscos, que, se seguida, pode levar a melhores decisões e a uma utilização mais eficiente dos recursos.

P: A OSHA recomenda alguma norma específica?

OSHA (Occupational Safety and Health Administration, Administração de Segurança e Saúde no Trabalho) não fornece uma prescrição, mas o objetivo. É uma expectativa geral de quais métodos de redução reconhecidos pela indústria serão aplicados sempre que possível e em qualquer lugar.

P: Quem é responsável por realizar uma avaliação de risco?

Nos Estados Unidos, as normas da ANSI (American National Standards Institute, Instituto Americano de Padronização) que definem a Avaliação de Risco, como B100.0 2010 e também RIA 15.06 2012, exigem que o fornecedor da máquina e o usuário tenham responsabilidades para garantir a segurança. 

A OSHA recomenda fortemente que uma avaliação de risco seja conduzida e que inclua a implementação de um plano de mitigação de risco e que todo o processo deva ser cuidadosamente documentado para demonstrar a devida diligência. 

Na União Europeia, o fornecedor de máquinas é o principal responsável por assegurar que uma máquina segura seja enviada. Ele normalmente é quem que conduz a avaliação básica de risco.

P: Quem deve ser envolvido no processo de avaliação de risco?

Escolha um grupo diversificado e bem respeitado de indivíduos. Operadores, engenheiros de manutenção, elétricos e mecânicos, líderes de turno, supervisores de produção e profissionais de saúde e segurança são possíveis candidatos. Esses indivíduos devem ser autorizados por um funcionário da empresa que possua a responsabilidade de alocar recursos. A gerencia deve fornecer uma liderança concreta para tornar este processo plausível.

P: Um consultor pode ser contratado para realizar uma avaliação de risco?

Consultores competentes podem melhorar extremamente o processo de avaliação de risco, mas a responsabilidade final pela segurança da equipe ainda é a do empregador. Os funcionários também devem ser treinados para reconhecer riscos e agir adequadamente.

P: Quando deve ser realizada uma avaliação de risco?

No melhor dos casos, uma avaliação de risco deve ser realizada sempre que mudanças forem feitas, especialmente quando novas máquinas ou sistemas forem introduzidos, novas tarefas forem adicionadas ou uma nova rotina for planejada. Ao adicionar novos processos, avalie quais tarefas podem criar a probabilidade de um evento perigoso.

P: O que precisa ser avaliado?

Tudo deve ser avaliado, não apenas os possíveis riscos. Olhe para o ambiente de trabalho, ergonomia, ruído etc. Tenha tudo isso em mente. Em caso de violação ou litígio, será necessário poder demonstrar que a avaliação de risco foi suficiente para o risco referido.

P: Como esse processo deve começar?

A primeira coisa que deve ser feita é obter o apoio dos funcionários da linha de frente, explicando que o objetivo de uma avaliação de risco é ter um local de trabalho livre de riscos. Deve-se enfatizar que cada funcionário é responsável pela sua própria segurança. É responsabilidade do funcionário denunciar qualquer risco reconhecido.

P: O que pode ser feito para reduzir o risco de ferimentos em máquinas perigosas difíceis de proteger?

Faça o que for viável do ponto de vista do design. Implemente proteções, use equipamento de proteção individual, aumente o nível geral de conscientização sobre o risco e desenvolva procedimentos de trabalho seguro para todas as tarefas onde o risco não possa ser eliminado ou controlado. O resultado final deve ser alcançar um nível tolerável de risco.

P: Como os riscos devem ser priorizados?

A prioridade sempre deve ser dada ao maior risco. Uma estação de trabalho ergonômica tem menos prioridade do que uma impressora de estampas desprotegida.

P: Como determinar quais riscos são piores do que outros?

Os modelos de avaliação de risco do setor são projetados para ajudar neste processo.

P: Quais setores usam avaliações de risco?

As avaliações de risco são realizadas em diferentes setores em que os acidentes de trabalho devem ser minimizados e onde a qualidade e o desempenho do produto são fundamentais. Alguns desses setores esforçaram-se para padronizar um processo de avaliação de risco, incluindo:

  • Moldagem/corte de metais
  • Aparelhos médicos
  • Robótica
  • Seguros
  • Aeroespacial
  • Semicondutores
  • Transporte

P: As pequenas empresas precisam registrar os resultados de uma avaliação de risco?

Sim, é altamente recomendável que todas as empresas, independentemente do tamanho, documentem completamente as avaliações de risco que realizam. Se ocorrer um incidente relacionado à segurança, essa documentação pode ser usada para demonstrar que uma avaliação de risco foi feita corretamente e que todas as estratégias de mitigação de riscos necessárias foram implementadas.

P: As OEMs (Original Equipment Manufacturers, Fabricantes Originais do Equipamento) precisam realizar uma avaliação de risco?

Sim. É uma responsabilidade mínima considerar o risco associado a todo o uso razoavelmente previsível e/ou uso indevido de equipamentos e eliminar ou minimizar esses riscos sempre que possível. Os OEMs têm o dever perante seus clientes de conscientizá-los de qualquer risco residual associado à operação dos equipamentos.

O usuário final deve reduzir qualquer outro risco identificado através de proteções adicionais e medidas administrativas, incluindo supervisão, sinais de alerta e treinamento.

P: Como verificar a exatidão de uma avaliação de risco?

Geralmente, uma avaliação de risco pode ser considerada precisa se puder demonstrar que todos os requisitos mínimos estabelecidos por um setor foram atendidos ou excedidos e que os resultados são periodicamente revisados ​​e confirmados.

P: Como verificar a conformidade com as normas de outros países?

A maioria dos países adotou as normas da ISO (International Organization for Standardization, Organização Internacional de Padronização). Se você realizou uma boa avaliação de risco, ela irá atender às normas na maioria dos países.

P: Onde uma avaliação de risco encaixa-se no programa de segurança?

Uma avaliação de risco está listada na regra do programa de segurança proposto pela OSHA como o segundo dos cinco elementos principais de um programa de segurança. Ela vem imediatamente depois da liderança gerencial e da participação dos funcionários.

P: O que é uma FMEA?

Uma Análise de Modo de Falha e seus Efeitos (Failure Mode and Effect Analysis, FMEA) é um procedimento específico usado para realizar uma análise de risco. Ao identificar riscos, às vezes é necessário examinar sistematicamente os componentes que controlam o risco ou protegem as pessoas do risco. Válvulas ficam lentas, freios desgastam-se, interruptores de portas mecânicas podem falhar etc. Se a segurança depende dos componentes, os modos de falha e seus efeitos sobre a segurança devem ser analisados.

Este artigo destina-se apenas a fins educacionais e é válido até o momento da publicação.  A Banner recomenda consultar um profissional de segurança a respeito de sua aplicação específica antes de implementar medidas de segurança. 

Produtos em Destaque

Cortinas de Luz de Segurança Simples Tipo 4 Série LS
Cortinas de Luz de Segurança Simples Tipo 4 - Série LS

Modelos intuitivos, fáceis de usar, com muitos recursos disponíveis em resoluções de 14, 23 e 40 mm e até 1820 mm (6 pés) de comprimento sem zona morta. Indicadores de alinhamento extremamente visíveis e o diagnóstico intuitivo simplificam a configuração e oferecem aos fabricantes de máquinas valor adicional para atender a diversas necessidades.

Leia Mais
Chaves de Segurança Magnéticas Série SI-MAG
Chaves de Segurança Magnéticas Série SI-MAG

As Chaves Limitadoras (posição) de Segurança Série SI expandem as soluções para monitoramento de proteções, saídas, tampas e outros acessórios/ferramentas móveis de máquinas.

Leia Mais

Artigos Relacionados

O que é uma Avaliação de Risco e Por Que Ela é Importante?
O que é uma Avaliação de Risco e Por Que Ela é Importante?

13 Mar. 2017

Embora seja sempre melhor consultar as normas ao planejar uma avaliação de risco, aqui vão algumas respostas para algumas perguntas comuns.

Infográfico: 9 Dispositivos Comuns para Segurança de Máquina
Infográfico: 9 Dispositivos Comuns para Segurança de Máquina

26 Abr. 2017

Dispositivos Comuns para Segurança de Máquina